Mascote do Flamengo Oficial

Código: mascote-flamengo-01 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Mascote Oficial do Flamengo uniforme 01

 

Mascote oficial, licenciado e aprovado pelos clubes de futebol
Filiado à ABRINQ (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedo).
Testados e aprovados pelo INMETRO.

Composição: Vinil atóxico.
Dimensões aproximadas: 15x20 cm (LxA).
Garantia do fabricante: contra defeito de fabricação.

 

 

 

HISTÓRIA DO MASCOTE DO FLAMENGO

 

 O primeiro mascote do Flamengo foi o marinheiro Popeye, personagem de quadrinhos na década de 40 (e posteriormente de desenhos animados). A idéia para o mascote partiu do chargista argentino Lorenzo Mollas, que viu no Popeye a força e a persistência do Flamengo, além de sua óbvia ligação com o mar. Porém não havia ainda uma verdadeira identidade entre o mascote e o clube.

Na década de 60 as torcidas rivais, como forma de provocação, chamavam os torcedores do Flamengo de "urubus". Logicamente os torcedores rubro negros se sentiam ofendidos, afinal era essa uma forma de ridicularizar uma torcida popular, formada em sua maioria de afrodecendentes e pessoas de baixa renda.

Porém se há outra característica associada ao Flamenguista, essa é a irreverência. Só ela explica a atitude de um grupo de torcedores às vésperas do clássico entre Flamengo e Botafogo, pelo segundo turno de campeonato Carioca de 1969. Na época, os dois clubes faziam o clássico de maior rivalidade pós-Garrincha. E o Flamengo não vencia o rival fazia quatro anos.

Alguns torcedores decidiram levar o animal ao Maracanã naquele final de semana. Mas onde conseguir um urubu? A resposta veio no sábado pela manhã, no depósito de lixo do Caju. Depois de capturado, o animal foi levado para um apartamento no Leblon. No domingo, o levaram ao estádio enrolado a uma bandeira. A intenção: Quando a equipe entrasse no gramado, soltariam a ave.

Nas arquibancadas, os torcedores do Botafogo gritavam, como sempre, que o Flamengo era time de "urubu". O clima no estádio era o de um grande clássico, com quase 150 mil torcedores, o que deixou a ave bastante agitada. Então os torcedores decidiram soltá-la, mesmo antes da entrada da equipe: Meio assustada, ela faz o seu vôo sobre o gramado carregando uma bandeira rubro negra presa ao corpo, e pousa em campo pouco antes do jogo iniciar. Foi o bastante para a torcida fazer a festa, vibrar e gritar: "é urubu, é urubu!".

O Flamengo venceu o jogo por 2 a 1, quebra o tabu de nove jogos sem vitória sobre o rival e, a partir daí, o novo mascote consagrou-se, tomando o lugar do Popeye. O cartunista Henfil, rubro-negro, tratou de humanizá-lo em suas charges esportivas em jornais e revistas, e desde então o urubu tornou-se um mascote popular.

O jogo da consagração do novo mascote:

C.R. Flamengo 2 x 1 Botafogo (RJ)
Campeonato Carioca - 2º Turno
01/06/1969 - Estádio: Maracanã - Rio de Janeiro
Time: Dominguez, Murilo, Guilherme, Onça, Paulo Henrique, Liminha, Rodrigues Neto, Doval, Dionísio, Luís Claudio e Arilson.

SITE DE ORIGEM: http://www.flamengo.com.br/site/conteudo/detalhe/15/mascote

Produtos relacionados

Sobre a loja

Loja do Mascote. Somos especializados em Mascotes de Times, Mini Craques, Colecionáveis, Miniaturas, figuras de ação e muito mais. Trabalhamos com o Mascote do Botafogo, Mascote do Cruzeiro, Mascote do Flamengo, Mascote do Fluminense, Mascote do Galo, Mascote do Palmeiras, Mascote do Santos, Mascote do São Paulo, Mascote do Vasco e outros times Brasileiros.

Pague com
  • PagSeguro
Selos

Loja do Mascote - CNPJ: 17.837.851/0001-96 © Todos os direitos reservados. 2017